Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Prefeito de Coelho Neto Bruno Silva coleciona fatos negativos e segue patinando na administração

O novo prefeito de Coelho Neto, Bruno Silva coleciona erros e ainda não conseguiu encontrar rumo dos melhores em sua gestão, que segue sendo alvo de muitas reclamações. Patinando na inexperiência após ser alçado ao poder mais importante do município sem nunca ter sido sequer vereador, deputado ou dirigente de qualquer entidade, Bruno dá sinais que enfrentará enormes problemas para colocar Coelho Neto nos trilhos.

A administração do filho do ex-prefeito Soliney Silva desde os primeiros dias tem chamado a atenção negativamente. Primeiramente com a ex-prefeita Márcia Bacelar, que após ter aceito convite para ser secretária de saúde, misteriosamente e injustificadamente desistiu da missão alegando que estava sofrendo muitos ataques na imprensa mesmo antes de assumir.

Logo após ela, mais um nome, o da ex-secretária de assistência social de Timon Rosário Leal, que após entregar o cargo na gestão Luciano Leitoa para assumir a Educação de Coelho Neto, também misteriosamente desistiu do convite após reunião com o prefeito Bruno Silva.

Fora esses fatos estranhos de desistências de nomes conhecidos que não ficaram muito bem esclarecidos, Bruno Silva viu o próprio pai, o experiente ex-prefeito e ex-deputado Soliney Silva, criticar sua gestão com acomodações políticas de gente que ele considera não merecer estar no governo em detrimento de muitos que verdadeiramente ajudaram o prefeito se eleger.

Antes fossem os problemas só na esfera política. Na administrativa Bruno Silva coleciona erros. Entre os servidores a reclamações é de que o gestor tirou gratificação dos professores, está inchando a folha de pagamento e ainda mantém muitos comissionados com salários atrasados.

Na pandemia onde crescem os números de casos da Covid-19 em Coelho Neto e todos os esforços são poucos para economizar recursos importantes diante de uma economia que se arrasta com dificuldades, a imprensa local denunciou que um carro da prefeitura do município foi visto numa conhecida prainha de um rio da região dias atrás onde supostamente funcionários do governo estariam “curtindo a vida” num momento em que a cidade mais precisa de apoio do poder público contra o novo coronavírus.

Para completar o prefeito se atrapalha com o Portal da Transparência. Instrumento elogiado pelo Tribunal de Contas do Estado na administração do ex-prefeito Américo de Sousa até dezembro último, o Portal segue sem informações disponíveis a população favorecendo a atos sombrios da gestão.

Soliney sem  influência na gestão

Experimentado por ter sido gestor da cidade, ex-deputado e dono do patrimônio político que elegeu o filho prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva (na foto acima com Bruno) que poderia ser um farol para tirar Bruno Silva da escuridão em que está metido, parece não ter voz importante na gestão. Mesmo tendo sido colocado de lado pela administração, Soliney não tem silenciado diante dos erros do filho e vez por outra tem emitido sua opinião na rede social, seja para criticar ou mesmo para elogiar nas vezes que o filho acerta, afinal uma gestão não poder completamente ruim, mesmo que os erros sejam mais proeminentes que os acertos.

Coelho Neto está assim …

1 comentário

Francisca
Comentou em 12/02/21

Deixem o menino trabalhar.
Por enquanto não podemos comparar uma administração de um mês com uma de quatro anos. Por incrível que pareça pelo jeito em seis meses o governo atual terá mais serviços que quatro anos do que o governo anterior.
O governo passado foi o pior que esteve por aqui desde que eu comecei a votar a apenas quarenta anos atrás.
Não sejam hipócritas, governante nenhum com tão pouco tempo de mandato, pode ser um super herói. Fica a dica.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael