Promotor faz recomendações que vão tirar privilégios de vereadores de Timon

Sabe aquela tradicional Verba Indenizatória dos vereadores de Timon no valor de 11 mil reais concedida há anos sem muito rigor na fiscalização dos poderes públicos? A sua utilização nos moldes atuais estão com os dias contados. Pelo menos foi o que recomendou recentemente o promotor público da probidade, Dr. Sérgio Ricardo Martins (na foto acima), ao presidente da Câmara Municipal, vereador Uilma Resende.

O eliaslacerda.com não teve acesso ao documento do ministério público, mas de acordo com uma fonte ligada ao legislativo local, para o promotor, a Verba Indenizatória utilizada da forma que vem acontecendo não tem como continuar, pois nos moldes atuais se transformou quase que numa remuneração permanente aos vereadores e sem muito controle.

Em sua recomendação o promotor pede que a Câmara Municipal realize licitação para o uso de combustível e aluguel de carros para os vereadores onde cada parlamentar deverá receber um cartão corporativo para controle de gastos da verba, onde atualmente esses dois itens consomem aproximadamente 90% dos gastos.

A recomendação do promotor veio após denúncias dos próprios vereadores sobre os gastos da câmara. Dr. Tuá, Anderson Pêgo e Ramon Júnior foram alguns dos parlamentares que denunciaram o mal uso dos recursos públicos no legislativo.

Com salários em torno de 7 mil reais por mês, é sabido que os vereadores ao longo dos anos sempre utilizaram a Verba Indenizatória como um suporte financeiro extra, pois sem muito controle desses gastos por parte da casa, todo mês eles apenas apresentam notas fiscais dos gastos com a verba as entregando ao setor financeiro da casa.

Outro ponto recomendado pelo promotor é a realização de concurso público para a casa. Atualmente os assessores são indicações dos vereadores.

Na opinião de todos que conhecem o funcionamento da Câmara, com a implantação das recomendações do promotor é certo que os vereadores vão perder muito.

As recomendações estão com a diretoria da Câmara e há quem diga que todas elas deverão ser implantadas em breve com a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) feito com o Ministério Público.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
TekyNik