Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Informes rápidos do eliaslacerda.com

Na pesquisa Escutec grupo Sarney ganha todas

Lava Jato , Máfias da Sefaz e da Saúde no Maranhão. Nada disso teve qualquer influência na cabeça do maranhense. É o que diz o instituto de de pesquisas eleitorais Escutec.

Em recente pesquisa realizada no começo deste mês, o instituto diz que o grupo Sarney lidera com folga a corrida para o governo do estado. Roseana estaria em primeiro lugar e o atual governador Flávio Dino em segundo lugar.

No levantamento do Escutec o maranhense parece que não mora no Brasil e as malas de dinheiro e o desgaste do PMDB ficaram distantes sem qualquer lembrança na cabeça do eleitor no estado.

Mais ainda. No levantamento do Escutec o grupo Sarney também abocanhará as duas vagas para o senado. Nem o campeão de citação em delações na Lava Jato, senador Lobão, sofreu qualquer consequência nesses tempos de denúncias de corrupção e divulgações intensas na televisão e outros meios de comunicação. Na pesquisa, Lobão e Sarney Filho lideram a corrida para o senado desbancando José Reinaldo e Weverton Rocha.

Resta saber quem acredita…

 

Boca livre por conta de Alexandre Almeida

Vereadores José Carlos,Antunes, Anderson Pego e o deputado Rafael Leitoa:boca livre por conta de Alexandre Almeida

Licenciado na assembleia legislativa com pedido para tratamento médico, o deputado estadual Alexandre Almeida apareceu na última sexta-feira (15) para a audiência pública na Câmara Municipal de Timon que discutiu a reforma política. A presença do parlamentar atraiu olhares e afagos de muitos amigos.

Entre abraços e cumprimentos o deputado acabou aceitando a sugestão de um vereador da casa para que bancasse um almoço para os vereadores de Timon e algumas das autoridades presentes no evento.

A escolha foi uma famosa churrascaria de Teresina onde é conhecida pela variedade de carnes servidas. O que era para ser um almoço para apenas alguns, incluindo vereadores de Timon e deputados, acabou atraindo aproximadamente 60 pessoas. O boca livre não saiu barato, mas Alexandre Almeida não reclamou e pagou a conta.

 

Lula bateu na mesa pelo fraco público em Timon

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva não gostou nem um pouco do fraco público registrado durante sua passagem por Timon no último dia 3 deste mês. Lula teria, inclusive, batido na mesa nos bastidores protestando contra o fraco público.

O relato foi feito ao titular do eliaslacerda.com pelo Secretário Estadual de Esportes e homem de primeira hora do petista no Maranhão, professor Márcio Jardim dias atrás em São Luis.

Jardim afirmou que o ex-presidente teria procurado culpado pelo fraco público que destoou da visita dele por todos os outros municípios do Nordeste.

Os erros

Em verdade, uma série de erros estratégicos foram cometidos na visão dos petistas timonenses. O principal deles foi a localização do evento. A organização tinha como opções de sugestão o Centro da Juventude, no bairro Parque União e ainda a Mega Hall, casa de shows na Formosa, locais mais próximos do tipo de público que tem afinidade com o ex-presidente, mas a organização declinou deste locais e preferiu realizar no Centro de Convenções Maranhense, no centro.

Aliado ao erro da posição geográfica do ato do ex-presidente, teve o fato do PT timonense ter ficado na mão sem ajuda importante por parte dos petistas do Piauí ligados ao governador Wellington Dias, do PC do B de Flávio Dino no Maranhão, que preferiram centrar energias na visita de Lula a Teresina e São Luis.

Pra completar, teve gente que recebeu dinheiro para mobilizar pessoas e contratar ônibus para levar público ao evento que no final não apareceu no compromisso, não levou público,ônibus e nem devolveu o dinheiro recebido.

11 mil reais de aluguel

Além de ter sido o local geograficamente errado para a realização do evento de Lula em Timon, o Centro de Convenções Maranhense, também teve custo alto. O aluguel do espaço custou aos cofres petistas nada menos que 11 mil reais.

 

O PSB de Luciano Leitoa como guarita para muitos aliados de Flávio Dino

Depois de vencer uma luta em que muitos apostavam ser causa perdida contra o senador Roberto Rocha pelo comando do PSB no Maranhão, o prefeito de Timon Luciano Leitoa também saiu muito fortalecido do último encontro do partido. Tão fortalecido que o senador Roberto Rocha desistiu da sigla e já mudou-se (como quem muda de camisa) para o PSDB, sigla que foi filiado no passado.

Com o PSB forte e unido no Maranhão, Luciano Leitoa pode agora fazer crescer muito mais a sigla e até abrigar muitos dos aliados do governador Flávio Dino, que diante de desdobramentos políticos que ainda vão acontecer, devem mudar de sigla para disputar as eleições do próximo ano.

 

Roberto Rocha e a possibilidade de esvaziamento do PSDB

Acusado de traidor pelos aliados de Flávio Dino que o ajudaram a se eleger para o senado  em 2014, o senador Roberto Rocha chegou no PSDB infernizando os tucanos no Maranhão que querem trabalhar pela reeleição do governador.

Montado no projeto político da direção nacional do partido que quer ter candidato a governador no Maranhão para garantir palanque para seu candidato a presidente em 2014, Roberto Rocha, assim como aconteceu no PSB, já chegou desagregando. De acordo com o vice-governador Carlos Brandão, caso o senador ou a direção nacional do partido imponha uma candidatura própria ao governo, a sigla no Maranhão pode ser esvaziada com a desfiliação de vários prefeitos, deputado e outras lideranças de peso no estado.

Tá difícil encontrar um partido onde Roberto Rocha não desagregue…

 

Prédio do IPMT levará nome do ex-vereador Jamil Gedeon

O prédio onde funciona o Instituto de Previdência do Município de Timon (IPMT), ao lado da praça São José, no centro da cidade, levará o nome falecido ex-vereador Jamil de Miranda Gedeon (no centro da foto acima).

A proposta do vereador José Carlos Assunção foi apresentada na Câmara Municipal e aprovada pelos parlamentares na  semana passada.

Jamil de Miranda Gedeon morreu no dia 22 de maio de 2012. Foi vereador em Timon por seis mandatos e por quatro vezes foi eleito presidente da Câmara Municipal. Ele tinha 73 anos. Era pai do ex- vereador PP, Kennedy Gedeon e tio do ex-presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Jamil Neto .

 

Levando a proposta do Celular Seguro à frente

O vereador do Podemos de Timon, Henrique Júnior, continua levando adiante sua proposta pela implantação do projeto Celular Seguro. Na semana passada o vereador levou sua intenção para o conhecimento do novo comandante da PM de Timon, tenente coronel Schinneyder.

Durante a visita Henrique Júnior expôs as vantagens da proposta que já foi implantada com sucesso em cidades de Minas Gerais e que pode acabar de vez com um dos crimes que mais incomodam o cidadão e que não para de trazer problemas a segurança pública: o roubo de celulares.

Funcionará da seguinte forma: o proprietário de celular digita *#06# no teclado do seu celular e o número do IMEI aparecerá na tela. Ele anotará em um local seguro e fará seu cadastro no órgão da segurança pública local que ficará responsável pelo projeto , informando seus dados e o número do IMEI de seu aparelho. Em caso de extravio, furto, ou roubo de celular, o proprietário informará o número do IMEI ao registrar na ocorrência e sinalize no site que o aparelho foi furtado/roubado.

Policiais militares e civis, através de um aplicativo específico que será implantado, ao consultar em abordagens uma pessoa com seu aparelho celular ele terá condições de verificar junto ao site que o aparelho está com a sinalização de furto e roubo, e pela ocorrência que você registrou (informando o IMEI) a pessoa que estava com o seu aparelho poderá ser presa pelo crime de receptação permitindo assim que seu celular seja devolvido.

 

Feira de celular roubado em Teresina

Caso seja implantado na região, incluindo Timon e Teresina, é opinião comum entre muitos que trabalham na segurança pública, que acabará com até 80% da feira de venda e troca de celulares que funciona na praça da Bandeira, no centro da capital piauiense.

Uma parte considerável dos celulares roubados nas duas cidades são levados para aquela feira para serem comercializados.

 

Márcio Jerry inocentado de factóide

O Tribunal de Justiça do Maranhão acatou recomendação da Procuradoria Geral de Justiça e arquivou processo de investigação contra o secretário de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos do Maranhão, Márcio Jerry, de que teria oferecido dinheiro para que indígenas cessassem uma manifestação por causa de transporte escolar, ocorrida em julho de 2015 na Assembleia Legislativa do Maranhão.

A denúncia que originou o inquérito foi feita pelos deputados Andrea Murad (PMDB) e Sousa Neto (PROS), mas não passou de mais um factoide inconsistente tendo como base apenas notícias de blogs e prints de mensagens pelo celular ainda por cima manipuladas.

Consta nos autos que o líder indígena, Uirauchene Alves, teria supostamente recebido propina da servidora estadual Simone Gauret Lima Limeira (também arrolada no processo) e Jerry oferecido dinheiro para que os indígenas cessassem os protestos. Depois de utilizar blogs para citar a tal proposta, em depoimento, Uirauchene voltou atrás e negou ter ocorrido qualquer tipo de negociata, muito menos o pagamento.

(blog Marrapá)

1 comentário

DENIS SERVIO
Comentou em 18/09/17

“o ex-presidente teria procurado culpado pelo fraco público……” kkkkkkkkkk
Ele não sabe? Foi ele mesmo foi o culpado! Quem quer vê e aplaudir corrupto rapaz!


Notice: Undefined variable: aria_req in /usr/local/lsws/wordpress/wp-content/themes/eliaslacerda/comments.php on line 35

Notice: Undefined variable: aria_req in /usr/local/lsws/wordpress/wp-content/themes/eliaslacerda/comments.php on line 40

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael