Piauí perde Noé Fortes, um dos mais respeitados médicos do estado

A medicina do Piauí amanheceu de luto com a morte do pediatra Noé Fortes, ocorrida às 6h30 desta quarta-feira no Hospital HTI, zona sul da cidade, onde estava internado após ser submetido a uma cirurgia para tratar um problema gastrointestinal.  Dr. Noé foi internado na noite da quinta-feira passada, com suspeita de abdome agudo, quando sentiu um mal estar digestivo. Foi operado na manhã seguinte e saiu consciente da cirurgia. Mas o quadro geral começou a evoluir para uma infecção generalizada por causa da contaminação sanguínea com o líquido da cavidade.  Em consequência da piora do seu estado de saúde, teve que ser entubado. Até esse momento, ele ainda estava consciente e conversou com a mulher, a também médica Teresinha Fortes.

O médico é irmão do empresário Antonio Carlos Fortes, empreendedor do setor cerâmico dos mais conhecidos em Timon e proprietário da Cerâmica Fortes.

Dr. Noé é um dos médicos mais conhecidos e respeitados do Estado. Estudou medicina em Minas Gerais, onde conheceu a mulher e companheira de toda vida. De volta ao Piauí, ocupou vários cargos e funções. Foi professor da Universidade Federal do Piauí, Diretor Geral do Hospital Infantil Lucídio Portela, Diretor do Hospital Getúlio Vargas, Presidente do Conselho Regional de Medicina, Presidente da Associação Piauiense de Medicina, Diretor do Centro de Ciências de Saúde da UFPIe Secretário Municipal de Saúde da Prefeitura de Teresina.

Nos últimos anos, estava atendendo também como nutrólogo e terapeuta complementar, atuando na medicina preventiva e integrativa. Muito religioso, ele e a mulher eram presença assídua nas missas dominicais da Paróquia de Fátima. Um homem educado, gentil e atencioso, não só com os pacientes, mas com todos com quem convivia. Destacava-se pela elegância no trato, na fala mansa e na solicitude em atender e escutar atentamente a todos que lhe procuravam.

A família ainda não divulgou o horário e local do sepultamento, mas em razão das normas estabelecidas pela Anvisa durante a pandemia da covid-19, as cerimônias fúnebres serão breves e restritas aos parentes mais próximos.

 

Do cidadeverde.com

2 cometários

Ana Caroline
Comentou em 13/05/20

Pediatra do meu filho… O atendeu todos esses 10 anos de vida da minha criança. Todos os atendimentos maravilhosos. Vá em paz. Foi um profissional incrível. Fica aqui o meu pesar aos amigos e familiares. E uma tristeza profunda por perder uma pessoa tão incrível!

Rômulo Rocha
Comentou em 13/05/20

Condulencias aos familiares e, que deus o tenha em um bom lugar .

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Barro Forte