Prefeito Luciano Leitoa precisará tomar medidas para conter gastos e manter o governo funcionando

Mesmo com o governo com os setores não essenciais parados por conta da pandemia de coronavírus que deixou o mundo de joelhos, é opinião recorrente dentro dos bastidores da administração Luciano Leitoa que o prefeito deverá adotar medidas econômicas de contenção de despesas.

Pelo que apurou o eliaslacerda.com junto a fontes da administração municipal, Luciano Leitoa ainda não teria tratado do assunto com sua equipe econômica, entretanto é fato que não demorará a se reunir com a mesma com vistas a saber que medidas poderão ser adotadas.

Nas administrações sejam municipais ou estaduais do país inteiro, muitos gestores já aplicaram medidas para conseguir se adaptar a nova realidade financeira de poucos recursos por conta do desaquecimento da economia brasileira e mundial imposta pela crise sanitária a que está submetido o mundo atual com o novo coronavírus. Reduções salariais, suspensão de pagamentos do décimo terceiro salário no meio do ano ou no mês do aniversário do servidores, poderão ser algumas das providências que poderão ser tomadas, mas até agora ninguém sabe ao certo.

Em Timon Luciano Leitoa não divulgou nada, mas sabe-se que esta situação de crise é uma preocupação do gestor. Como já aplicou por algumas vezes em meses anteriores a redução salarial de comissionados e assessores como forma de economizar, é cada vez maior a aposta de que esta medida deverá voltar a ser aplicada muito em breve. Aliás, esta medida é vista como certa entre fontes do eliaslacerda.com dentro governo. As outras é que até o momento ninguém sabe…

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Barro Forte