Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Apenado com tornozeleira eletrônica atropela e mata mãe de advogado em Timon

Os últimos dias tem sido de muita dor para o advogado Maurício Alves da Silva (na foto ao lado), um dos assessores do prefeito Luciano Leitoa na Secretaria de Assistência Social do município. No último sábado (17) ele perdeu a mãe vítima de um atropelamento causado por um apenado da justiça que usava tornozeleira eletrônica.

Dona Raimunda Maria Nascimento Silva, de 64 anos de idade, estava na porta de casa , na avenida 5, no bairro Mutirão, limpando a sarjeta, quando foi surpreendida por um motoqueiro com um carona que transitava em alta velocidade na via. A dona de casa foi atropelada brutalmente. Populares e vizinhos tentaram socorrê-la e ainda foi levada para o hospital, mas já praticamente chegou sem vida a unidade médica, não resistindo aos ferimentos.

Pessoas que estavam no local do acidente suspeitam que os dois motoqueiros pareciam ter acabado de praticar um assalto e por isso andavam em alta velocidade. Um deles teria entregue um revólver para um comparsa que chegou logo depois do acidente.

A polícia militar foi acionada e o apenado de tornozeleira eletrônica junto com o carona da moto foi levado para a UPA de Timon.

A dona de casa foi sepultada ontem em Caxias, cidade onde morou, tendo vindo para Timon em novembro último para morar mais perto dos filhos.

Familiares de dona  Raimunda Maria Nascimento Silva estão revoltados com a situação. Eles cobram mais dureza do judiciário e do ministério público com as constantes reincidências de criminosos apenados, que mesmo de tornozeleira eletrônica continuam a praticar crimes e permanecem soltos na condicional.

1 comentário

rafael
Comentou em 20/06/17

Tornozeleira não serve,bandido tem q tá na jaula e nao solto,será q a justiça nao ver isso?

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael
TekyNik