Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Assassinato de Seu Boneco em Timon- um crime perfeito?

Diz a literatura policial que não existe crime perfeito. Pode até ser que esta máxima seja verdade, mas pra muita gente em Timon ela não se aplica em pelo menos um dos assassinatos ocorridos na cidade:  o do funcionário da prefeitura,  Edimar de Sousa, o “Seu Boneco”(na foto acima), como carinhosamente era chamado por amigos pelo fato de gostar de imitar o personagem da Escolinha do Professor Raimundo.

No último domingo, dia 26, completou três anos da morte do servidor público sem que até agora ninguém tenha sido indiciado por seu assassinato. O crime aconteceu quando Edimar estava no povoado Caititu, na região da Santa Maria, que faz limite entre Timon e Caxias, no dia 26 de março de 2014. As primeiras declarações da polícia sobre o homicídio deram conta que “Seu Boneco” teria sido alvejado fora de seu carro quando tentava fugir de alguém. Ele ainda ficou agonizando por meia hora na casa de um morador da região. Pediram socorro e uma ambulância foi buscá-lo, mas o servidor não resistiu aos disparos e morreu a caminho para o  hospital.

Edimar de Sousa tinha 45 anos de idade quando foi assassinado. Ainda hoje a família se sente inconformada com sua morte que segue sem que ninguém saiba quem o teria assassinado.

Até onde o eliaslacerda.com ficou sabendo sobre o caso, a polícia civil de Timon ainda estaria com o inquérito em aberto para investigação.

Teria sido mesmo um crime perfeito o assassinato de Edimar de Sousa? com a palavra a nossa polícia civil de Timon…

3 cometários

José ribamar Araújo
Comentou em 29/03/17

No meu entender não existe crime perfeito, e sim: falta de empenho por parte da autoridade policial na elucidação de crimes complexos, ou que exigem deste uma apuração minuciosa e dedicada. Se possivel até uma intervenção científica, mas tudo que for possivel tem que ser usado para que se dê uma resposta à família da vítima como também à sociedade.

Edgar Castro Viana
Comentou em 29/03/17

Tem também um crime até hoje Elias q agente se pergunta se alguém foi indiciado, q é o crime daquele rapaz dono do fruto do mar se eu não me engano o nome dele parece q era Ray,nunca ouvimos dizer se alguém foi preso naquela época,faça um favor p nós timonenses pergunte ao delegado da homicídio doutor Ricardo como está o andamento desse processo.

Antonio Alves
Comentou em 30/07/21

Bom, para completar a trilogia de “crimes perfeitos em Timon” tem o assassino do empresário Zadoc Tomaz ocorrido em 2019 que a sociedade também quer uma resposta.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael