Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Conheça Radar e Dax, os cãezinhos de Timon que são o terror dos traficantes de drogas


Radar e Dax fazem parte do Núcleo de Operações de Cães, o NOC. Os animais integram a equipe investigativa das forças de segurança em Timon. Os cães policiais são da raça cocker espaniel e recebem treinamento especial de acordo com a tarefa no combate ao crime.

Pequenos e espertos

Logo na primeira operação, Radar ajudou a polícia de Timon a apreender duas armas longas, mais de 1Kg de cocaína, e 400 gramas de crack. Com seu focinho aguçado facilitou o trabalho dos policiais, que ganharam mais tempo para solucionar outras diligências.

Os cães K9 Radar, de 2 anos, e Dax, de 1 ano, estão à disposição dos órgãos de segurança do município: Polícia Militar, Guarda Civil Municipal (GCM), Departamento Municipal de Trânsito em Timon (DMtrans), e Polícia Rodoviária Federal.

No canil da 18 Delegacia Regional da Polícia Civil em Timon, o primeiro do interior do Maranhão, os animais recebem treinamento diário, de segunda a segunda. As atividades envolvem instruções para detecção de drogas e armas. O Grupo de Pronto Emprego (GPE) reveza as atividades com os policiais entre treinos e cuidados básicos.

“A gente adotou cães de menor porte, porque por serem menores conseguem entrar em locais de difícil acesso, como bagageiros de carro, guarda-roupa, de baixo da cama. Não queremos um cão para proteção, mas para detecção de drogas”, explica o instrutor e investigador da Polícia Civil, Diego Carvalho.

Radar e Dax sob cuidados especiais

Os cães policiais precisam de uma atenção diferenciada. Radar e Dax são alimentados com a melhor ração canina, e dormem em uma sala confortável. Por entrarem em locais muitas vezes nocivos, também recebem o devido acompanhamento veterinário.

A dupla de cães farejadores também necessita de socialização como parte do processo saudável de adestramento. Radar e Dax fazem passeios como qualquer animal doméstico, o que contribui ainda mais para a aproximação entre eles e a comunidade.

“Os cães de menor porte também são menos invasivos, quando temos que lidar com pessoas. Se abordagem é feita em um ônibus, por exemplo, as pessoas descem, enquanto os cães passeiam pelas malas. As pessoas não tem tanto receio, acham os cães bonitos e fofos, então eles trazem a polícia para perto da sociedade”, endossa o instrutor.

Os cães farejadores que atuam no município são resultado do esforço conjunto entre a 18ª Delegacia Regional de Polícia Civil, Secretaria Municipal de Segurança Pública de Timon, e inciativa privada, por meio da Associação Comercial e Industrial de Timon (ACITI).

Radar e Dax atuam no auxilio do trabalho das forças de segurança da cidade desde novembro de 2021. O projeto veio para ampliar ainda mais as operações no combate ao crime no município. Na prática, Timon foi pioneira na implantação do projeto no interior do estado.

 

Da assessoria

4 cometários

Márcio
Comentou em 13/05/22

muito bom Timon precisando de um resposta do governo do Maranhão

Rômulo Rocha
Comentou em 13/05/22

Esse faro vai longe … Desejamos muito sucesso nas operações policiais . Os cães policiais merecem o nosso apreço .

Zé Carlos do PA
Comentou em 13/05/22

É uma ótima tática das forças policiais no combate ao tráfico, Timon estava precisando deste tipo de trabalho, estão de parabéns, quem ganha é a sociedade

ss
Comentou em 15/05/22

Que coloquem esse efetivo canino pra atuar, pq Timon tá precisando. Aumento da criminalidade e assaltos à luz do dia. A população precisa de segurança.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael