Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Peritos do Maranhão decidem por paralisação de 48 horas

peritosPeritos criminalistas vão parar as atividades da categoria em todo o Maranhão na próxima quinta-feira, dia 16. A paralisação será de 48 horas e a categoria reclamar da política salarial do governo.

Os peritos enviaram ao eliaslacerda.com uma carta esclarecendo os motivos do movimento. Veja abaixo:

 

Esclarecimentos a Sociedade Maranhense

            Após exaustivas negociações com o Governo do Estado, as quais se estenderam por longos dezoito meses, em que foram discutidos todos os pontos necessários para a efetivação de uma política salarial que viesse a resgatar as perdas sofridas pela categoria Perícia Oficial, nada foi proposto pelo Governo do Maranhão que realmente representasse valorização para nossa categoria!

            Durante os citados meses tudo foi feito por parte da Perícia Oficial no sentido de evitar um desgaste maior que resultasse em uma greve desses trabalhadores! Atendemos prazos solicitados, contivemos angústias diante de trocas sucessivas de Secretários de pastas envolvidas, ouvimos e cedemos aos pedidos de ponderação por parte de representantes do atual Governo!

            Cultivamos em nós a confiança de que nossos pleitos eram tratados com seriedade! No entanto, a proposta apresentada pelo Secretário de Governo em reunião no dia 08/06/16 está aquém de qualquer possibilidade de acordo com a categoria, chega mesmo a ser ofensiva! Trata-se de reajuste de 15% oferecido de forma parcelada, ou seja, 6%, 6% e 3% para os anos de 2016, 2017 e 2018.

            Ressalte-se que, dentro da mesma Instituição, Polícia Civil, o tratamento dado pelo Governo às categorias que compõem a mesma foi extremamente diferenciado, de um lado figura aquela agraciada com 40.7% de reajuste em seu subsídio, implantados ao longo do ano de 2015 e em última parcela no mês de junho de 2016, no outro extremo, relegados ao descaso, estão as outras categorias, tão dignas quanto aquela, de receberem tratamento equivalente! Pasmem! As demais, nossa categoria inclusive, foram “merecedoras” de ínfimos 5% no ano de 2015, nada além! Estabeleceu-se um verdadeiro abismo! Em uma balança de dois pesos e duas medidas, foram criadas as bases do desequilíbrio e da insatisfação.

            Faz-se imprescindível inserir no contexto apresentado que tamanha disparidade de vencimentos não é vista em outras Unidades da Federação. Ainda que haja diferenças entre as categorias em outros Estados, nada se compara à realidade massacrante que o Governo Estadual quer nos submeter. É, no mínimo, injusto! Esperamos que o Governo se disponha a negociar dignamente e ofereça percentuais justos, com a mesma generosidade conferida à determinada categoria da Polícia Civil agraciada com 40,7%.

              Desta forma, diante do que se apresentou, o sentimento de perplexidade e desvalorização preponderou, não restando outra alternativa que não deliberar por uma paralisação das Atividades Periciais por 48 horas, a qual terá início no próximo dia 16 de junho, quinta feira.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael