Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Timon: Rede social distorce informação e mata jovem na Vila João Reis

As polícias militar e a civil de Timon já sabem: Tem gente utilizando as redes sociais, especialmente em grupos de Whatsapp , para propagar, medo, insegurança imagens e mentiras após os últimos homicídios que vem ocorrendo desde a sexta-feira passada na cidade.

Um exemplo dessa propagação de informação falsa aconteceu na tarde desta quarta-feira (4). Nas redes sociais propagou-se um áudio dando conta da morte de um jovem na Vila João Reis. O áudio vem acompanhado de uma foto narrando como teria acontecido o homicídio e um jovem aparece aparentemente morto e sentado dentro de uma casa com um tiro na cabeça(veja imagem acima com efeito desfocado para preservar a vítima e nossos leitores) .

O acontecimento foi o suficiente para muitos cravarem o fato como um homicídio praticado mais uma vez pela guerra de facções na cidade. Frases como ” mais um homicídio em Timon” ou “mais um cpf cancelado”, invadiram a rede distorcendo o que realmente teria acontecido.

De acordo com o comandante da PM de Timon, coronel Ribeiro, a imagem é verdadeira, mas o crime não teria sido acerto de contas ou resultado de briga entre facções. Ele contou ao eliaslacerda.com que o caso foi uma tentativa de assalto.

A vítima foi identificada como Raimundo Gonçalves Carneiro Júnior, de 32 anos, morador da rua 25, na Vila João Reis. Ele estava na porta de casa com celular, quando foi surpreendido por três elementos num Palio preto com retrovisor quebrado, momento em que um deles anunciou o assalto e a vítima correu . O suspeito armado disparou na cabeça da vítima que correu pra dentro de casa. Os elementos fugiram e Raimundo Gonçalves ficou sentado numa cadeira, antes de ser socorrido pelo Samu, que o levou para a UPA. Ele está vivo, mesmo que estado grave, ao contrário do que muitos disseram nos grupos de Whatsapp. A bala transfixou a cabeça por trás e saiu perto do olho, no rosto da vítima.

Portanto, Raimundo Gonçalves Carneiro Júnior, de 32 anos, felizmente não morreu e segue em tratamento.

Comandante Ribeiro informou que está intensificando o patrulhamento das ruas com mais soldados e mais viaturas como forma de coibir as ações criminosas. Ele acrescentou que os suspeitos de atirarem em Raimundo Gonçalves Carneiro Júnior continuam sendo procurados pelos militares.

O comandante da PM de Timon ressalta que as pessoas tem que ficarem atentas ao que ler ou ver nas redes sociais . Ele recomenda que elas devam procurar se informar  melhor dos fatos antes de compartilhar as informações que recebe e sempre consultar veículos sérios de comunicação na hora de buscar a verdade dos fatos.

Notícia é coisa séria…

 

1 comentário

Junielson Mendes Dos Santos
Comentou em 04/03/20

O comandante poderia dá a resposta quanto aos homicídio sopostamente praticados por essas facções que deitam e rolam na cidade. Começa assim aos poucos e a segurança pública fazendo de contas aí quando estiver sem jeito, só quem pagará é a sociedade.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael