Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Secretaria de educação de Timon mudou situação de escolas da zona rural

Do jornal O Leste-“Nosso compromisso com a zona rural é o mesmo que temos com as crianças da zona urbana”, esta fala é da secretária de educação de Timon, Dinair Veloso, sobre os avanços nas escolas da rede municipal de ensino da zona rural, que no início da gestão, lá em 2013, encontrava-se em estado precário, três delas ainda com estrutura de taipa e cobertura de palha.

A secretária, juntamente com o prefeito Luciano Leitoa e técnicos da Prefeitura e Secretaria Municipal de Educação (SEMED), visitaram muitas localidades para fazer um diagnóstico do que teria que ser feito. “No início foi difícil para as pessoas entenderam o que estávamos fazendo, mas depois que foram vendo os investimentos e os resultados, puderam perceber que era por um bem maior”, lembra Dinair.

As escolas passaram por grandes transformações, ganharam novas sedes, novas estruturas e equipamentos, proporcionando conforto e qualidade no ensino aos alunos da zona rural de Timon. Escolas que ainda eram de taipa ganharam sede própria.

escola de taipa

Sensível em melhorar a qualidade do ensino, o prefeito Luciano Leitoa autorizou a aquisição de terrenos e construção dos novos prédios. Primeiro a U.E. Francisco Costa, localizada no Povoado Varjota de Cima, além de reformar e ampliar mais 14 escolas e 23 receberem manutenção elétrica, hidráulica, sanitária e pintura. Um investimento total de R$ 880.554,56, do FUNDEB/QSE/MDE.

escola de taipa1

escola de taipa2

Em 2014, os investimentos continuaram e a Prefeitura deu início a construção de mais duas escolas, substituindo as de taipa e palha: U.E. Cosmo Vitorino de Sousa, no Povoado Cabeceira do Veríssimo, e a escola do assentamento Pedras, Escola Municipal São José. Um investimento de R$ 149.938,70. Naquele ano, mais 31 escolas passaram por manutenção elétrica, hidráulica, sanitária e pintura.

Agora, as 91 escolas municipais da zona rural atendem um padrão de qualidade, que já é estabelecido pela Prefeitura de Timon, com amplas salas de aulas, banheiros, refeitórios e áreas de lazer, beneficiando mais de sete mil alunos. E um feito inédito no Estado do Maranhão no qual a Prefeitura investiu R$1.078.394,58: três escolas foram reformadas, ampliadas, receberam adequação para climatização e sistema de videomonitoramento, a U. E Francisco Alves Cavalcante (Pov. Pinto); U.E Antonio Pereira da silva (Pov. Gameleira) e U. E Manoel de Oliveira Costa (Pov Lagoa Seca).

“Na zona urbana já melhoramos muitas escolas e estamos ampliando essas ações também para os alunos da zona rural. Nossa meta é reformar, ampliar, climatizar e instalar sistema de monitoramento por câmeras em todas as escolas polos. Estamos trabalhando constantemente para garantir escolas novas, com ambientes favoráveis ao processo de ensino e aprendizagem”, conclui Dinair.

anuncio geraldin

4 cometários

osana
Comentou em 01/08/16

Engraçado pensei que era obra incluído do pac esse prefeito pensar que engana tiro pela rua que moro só lixo e lama e mato

Edna Maria de Carvalho Linhares
Comentou em 01/08/16

Parabéns ao Prefeito Luciano Leitoa quanto as reformas,ampliações e construções das. Escolas. Foi a Secretaria que mais trabalhou. a da Educação. Acredito se continuar haverá mais ainda.Que não pare por aí.

carlos albukerke
Comentou em 02/08/16

É esse Prefeito trabalhou bem para a educação dessa cidade, o reflexo esta no seu próprio comentário.

Miguel Arcanjo
Comentou em 03/08/16

A ex prefeita deveria ter vergonha deste legado deixado por ela. E eu teria vergonha maior de tê-la em meu grupo político. Que bom que tudo isso está mudando.
Osana, os recursos do PAC não é gerido pela prefeitura? Se não quisessem fazer e embolsar o r$, ficaria como antes. Aliás, antes também vinha recursos do PAC, mas não fizeram… Engraçado mesmo!

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael