Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Morre Caçapava, um dos maiores volantes da história do futebol brasileiro

caçapavaEx-jogador chegou a ser técnico da Seleção Timonense de Futebol

O Internacional confirmou nesta segunda-feira a morte de Caçapava, volante que virou ídolo do clube na década de 70. Em nota divulgada pelo site, o Inter diz que informará em breve mais detalhes sobre a causa da morte e do velório de Luís Carlos Melo Lopes, o nome de batismo do jogador.

Caçapava tinha 61 anos e foi encontrado morto dentro de sua casa. Acredita-se que tenha sofrido um enfarte.

Ele marcou época em sua passagem pelo Internacional entre 1973 e 1979, conquistando quatro Campeonatos Gaúchos (74, 75, 76 e 78) e dois títulos brasileiros (75 e 76). Ele ainda jogou por Corinthians, Palmeiras, Vila Nova, Ceará, Novo Hamburgo e Fortaleza antes de encerrar a carreira em 1987.

Veja a nota do Inter na íntegra:

Faleceu, às 7h30 desta segunda-feira (27/06), aos 61 anos, um dos maiores ídolos da história colorada. Luís Carlos Melo Lopes, natural de Caçapava do Sul, ficou conhecido pelo nome de sua cidade: Caçapava. O ex-volante jogou no Internacional na década de 70, trazendo diversas alegrias à torcida colorada. Em breve daremos mais detalhes sobre a causa do falecimento e onde o corpo do ex-atleta será velado.

Em um time onde quase todos atacavam e tinham qualidade para isso, o volante Caçapava era o responsável pela guarnição da defesa colorada. Junto com Falcão, Carpegiani e depois Batista, formou um dos meio-campos considerado dos sonhos pelos colorados mais antigos. Como marcador implacável, anulou grandes craques que ousaram ameaçar os defensores do Inter, como Adãozinho e Palhinha, na final do Campeonato Brasileiro contra o Cruzeiro em 1975, e Geraldão, do Corinthians, em 1976.

A passagem de Caçapava por Timon

igrejinhaO ex-jogador do Internacional chegou a morar em Timon no começo dos anos 2000, quando foi treinador da seleção timonense na gestão do ex-prefeito Chico Leitoa. Muito próximo do ex-secretário de esportes de Timon, Francisco Weldem Igreja do Nascimento, o Igrejinha (na foto ao lado), Caçapava toda semana mantinha contato com o timonense. O ex-volante que marcou os momentos de maiores glórias do Internacional trabalhava atualmente no resgate de ex-sócios para o clube, função que desenvolvia com esmero e vinha recebendo elogios da diretoria.

A Igrejinha Caçapava contou recentemente que estava com projeto novo. Ele seria candidato a vereador com o apoio da diretoria do Internacional e seu nome já aparecia muito bem nas pesquisas. Mas o destino lhe privou da carreira política.

Ao eliaslacerda.com Igrejinha lamentou a morte do amigo. Disse que ele era pessoa importante na hora que tentava emplacar jogadores de Timon nas categorias de base do Internacional. “Foi um choque pra mim a morte dele. Perdi um grande amigo”, contou Igrejinha.

anuncio pneubec promoção

 

1 comentário

Glawillson França
Comentou em 05/07/16

Esse cara Caçapava e Igrejinha são pessoas muitos boas e que precisava a cada vez mais de pessoas que pudessem ajudar cada um de vcs, Caçapava foi cedo mais cumpriu o seu papel nessa terra de ser uns dos maiores idolos do Internacional , e o Igrejinha como o seu melhor amigo implantou muitas oportunidades para cada garoto aqui de Timon , maioria não se implantou na base do Inter mais a oportunidade teve , Pois Caçapava nos deixou com impacto grande por ser uma pessoa tão sincera e maravilhoso em caracter, responsabiidade e dignidade , e por fim fecho dizendo que todos nos perdemos muito com a sua morte Grande Caçapava , eterno PIQUE KKKKK.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael
Ateliê dos Doces