Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Oposição de Timon disputa espólio eleitoral do deputado estadual Alexandre Almeida

Alexandre Almeida cumprimenta eleitores nas eleições de 2016, logo mais acima da esquerda para a direita, o vereador Henrique Júnior, Socorro Waquim, Antunes e Adão da Ceasa; quem será o maior beneficiado com o espólio eleitoral do deputado estadual em Timon?

Pouca gente sabe e os meios de comunicação da cidade tem se mostrado pouco dispostos a explorar o assunto, mas nos intestinos da oposição de Timon há uma disputa silenciosa pelo espólio eleitoral do deputado estadual Alexandre Almeida. Como todos sabem que o deputado disputará vaga para o senado, abriu-se uma corrida disputada pelos votos do dele para estadual.

No centro dessa disputa estão 4 vereadores de mandato: Henrique Júnior, do PMN, Socorro Waquim, do MDB, Antunes, do PSDB e, até o momento, Adão da Ceasa, do PR.

Todos eles se movimentam com vistas a atrair os votos deixados por Alexandre para deputado estadual.

Por conta desse espólio, tem havido até discordâncias no núcleo principal da oposição. Aliados de Socorro Waquim argumentam e até chegaram a cobrar de Alexandre Almeida que interviesse para Antunes e Adão da Ceasa desistissem em favor da ex-prefeita, que segundo eles, está melhor nas pesquisas para enfrentar a forte pré-candidatura de reeleição do deputado Rafael Leitoa.

Mas sem querer se desincompatibilizar com ninguém, já que precisará dos votos de todos eles para senador, Alexandre não se dispôs a mexer nessa disputa.

Entre os defensores da pré-candidatura de Antunes para deputado estadual, o advogado Eliomar Feitosa e o vereador Anderson Pêgo, são as vozes mais altas. Eles dizem que o PSDB estadual defende a manutenção da pré-candidatura de Antunes como forma ter em Timon um palanque para o pré-candidato a governador Roberto Rocha.

“Socorro Waquim apoiará Roseana, do PMDB. Roberto Rocha precisa de um nome referenciado em Timon. Antunes será o nome que comporá, logicamente, o palanque para Roberto Rocha na cidade”, explicou Eliomar Feitosa.

Entre muitos aliados de Antunes é certo que ficará difícil não ter pelo menos dois palanques da oposição em Timon, pois enquanto os tucanos ficarão com Roberto Rocha para o governo e Alexandre Almeida e José Reinaldo (ou Waldir Maranhão) para o senado, Socorro Waquim estará no palanque de Roseana Sarney para o governo que tem  Lobão e Sarney Filho para o senado.

Henrique Júnior no compasso de espera

Certíssimo como pré-candidato a deputado estadual , Henrique Júnior é o único que continua sem definição para governador. Esperando que seu partido lance o deputado estadual Eduardo Braide candidato, o vereador de Timon ainda continua navegando num mar de incerteza. Esta semana Eduardo Braide voltou a se posicionar sobre sua pré-candidatura ao governo. Disse que continua dependendo de uma sigla que lhe proporcione melhor tempo de propaganda eleitoral no rádio e televisão.

Pré-candidatura na majoritária o vereador de Timon só tem mesmo como certo o apoio que dará ao deputado estadual Alexandre Almeida para senador. Esta posição ele já declarou até publicamente.

Henrique Júnior é mais um dos buscam a herança eleitoral do deputado em Timon. Por ser jovem , dinâmico com destaque na apresentação de projetos na Câmara e desgaste quase zero nas pesquisas, tem quem aposte que ele poderá ser um dos mais beneficiados com o espólio eleitoral de Alexandre.

 

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael