Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Lentidão nas obras do asfaltamento da BR 226 será discutida nesta sexta no povoado Baú

Líderes comunitários e políticos da região querem saber porque as obras de asfaltamento da BR 226 entre o povoado Baú e Presidente Dutra andam lentas e desorganizadas. Nesta sexta-feira eles vão se reunir com representantes da construtora Hytec, responsável pela obra e ainda com representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes(DNIT).

A reunião está prevista para acontecer às 14 horas, no canteiro de obras da empresa, no povoado Baú.

Durante o encontro, líderes comunitários, moradores do entorno da obra e políticos querem ouvir explicações para o que estão chamando de desorganização nos serviços e lentidão da obra.

Ainda em serviços de terraplanagem, as obras tem sido alvo de muitas reclamações. Os moradores do entorno da rodovia reclamam de muita poeira e que a empresa não estaria colocando piçarra de qualidade e nem usando carros pipa para molhar a rodovia onde os trabalhos estão sendo feitos. Alguns deles, especialmente idosos, estariam deixando suas casas para morar com filhos em outros locais por conta dos problemas respiratórios que a obra tem ocasionado.

Outro motivo de reclamação tem sido a lentidão nos serviços. Na reunião, comunitários e interessados querem saber quando a obra será terminada no trecho Baú -Presidente Dutra, os motivos da lentidão e a qual a previsão de ser iniciado o Anel Viário de Timon.

Vereadores de Timon já confirmaram presença na reunião.

8 cometários

sebastiao de sousa oliveira
Comentou em 11/08/17

Nossos politicos sao especialistas na arte de enganar,vieram ate Timon fizeram reuniao nos enganando,e ate agora estamos chupando os dedos a espera dessa rodovia que infelismente nao chegara ate Timon,pois se na regiao onde o povo se mobiliza nao anda imagine em Timon onde quase todo mundo e controlado pelos politicos e quase ninguem tem corage de se manifestar ou revincar.

Paulo.
Comentou em 11/08/17

Parabéns amigo pelo comentário.voce está correto.

francisco jose marques coura
Comentou em 12/08/17

Caro amigo na última vez que estive no Maranhão fui ao dia(Caxias) e conversei com Drunfos Eng.dnit,onde o mesmo informou que a verba era só ate o baú e que para Timor podia esquecer não era do enterece. dos PPOLÍTICOS com isto mas 40 anos de espera

Ebevaldo Leite
Comentou em 11/08/17

Vão comer o dinheiro e abandonar. Pode escrever.

Francisco Neto
Comentou em 12/08/17

Cade as autoridades desse governo Flavio Dino que nao toma uma posicao a favor do povo que sofrendo naquela regiao? Mais souberam subir em palanque com o ministro dos trasportes Mauricio Quintela prometente o asfaltamento hein, governador?

francisco jose marques coura
Comentou em 12/08/17

Esta obra e um sonho de mais 40 anos em especial do meu pai Ribamar do baú,espero que desta vez os políticos não desviem as verbas como já se faz de custume

Francisco
Comentou em 12/08/17

Essa obra nunca será concluída, porque é uma obra eleitoral, que só serve para enganar os eleitores, obra vai ficar só nessa terra planagem até o próximo ano, ano eleitoral, no próximo ano vão começar a colocar a borra de asfalto, depois da eleição para a obra, porque o dinheiro foi devido e não tem mais verba para concluir e adeus querida e querido só daqui 40 anos novamente.

joao Beserra
Comentou em 13/08/17

É um dura realidade, Timon é Timon ninguém e somente ninguém das classes comunitárias e politica defendem verdadeiramente nosso território.
O certo é que ficará apenas em sonhos pra muitos, e pros politicos e empreiteiros grandes lucros, e não se faz nada.É prática brasileira. 2018 é só renovar as procurações quadrienais pros representantes e governantes do povão.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael