Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Veja com vídeo: Pai do suspeito de matar o sobrinho de Sarney em São Luis, tenta provar que o filho é inocente

Imagens das câmeras de segurança que indicam clonagem do carro seguem para perícia

Pai do suspeito entregou um segundo vídeo a polícia contendo mais de 10 horas de gravação

As imagens de monitoramento que foram apresentadas pela família do suspeito de assassinar o publicitário Diogo Sarney estão passando pela perícia policial. O delegado George Marques da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) informou que as investigações continuam para realizar a comparação entre o carro apreendido e o das imagens.

De acordo com Wanderley Pestana, pai do suspeito, ele que estava dirigindo o automóvel e não o seu filho, e as imagens de segurança mostram que os dois estavam abastecendo o automóvel em um posto de gasolina, no bairro da Camboa no momento em que ocorreu o crime.

Em entrevista para a nossa equipe, Wanderley Pestana informou que um segundo vídeo foi entregue para polícia contém mais de 10 horas de gravação.

Raimundo Santos, advogado do suspeito, informou que deve ser feito um exame no volante do carro para comprovar que o mesmo não estava dirigindo.

Entrevista na íntegra

 

Suspeito de assassinar publicitário Diogo Sarney alega que placas do carro foram clonadas
Câmeras mostram que o veículo do suspeito não estava no local do assassinato de Diogo Sarney
Na noite da última terça-feira (16), o suspeito, juntamente com seu advogado, se apresentou na SHPP, onde em depoimento informou que o carro de seu pai havia sido clonado e negou a autoria do crime.

Não houve colisão

Um vídeo divulgado nas redes sociais nesta quarta-feira (17) com imagens das câmeras de segurança do condomínio onde o sobrinho-neto do ex-presidente José Sarney residia no bairro da Lagoa da Jansen, mostra que o carro dirigido por Diogo Adriano Costa Campos, conhecido como Diogo Sarney, de 41 anos, não encostou no veículo usado pelo suspeito do crime.

Entenda o caso

O crime ocorreu na manhã da última terça-feira (16), e a motivação teria sido uma discussão de trânsito na Lagoa da Jansen, em São Luís. De acordo com as primeiras informações, o veículo onde estava a vítima e o autor do crime quase se chocaram no momento em que Diogo estava saindo da garagem do prédio onde morava.

Os dois ainda seguiram em discussão por quase 200 metros. Ao sair do veículo, Diogo foi atingido por um tiro no pescoço e morreu no local.

Após o crime, a PCMA com ajuda de imagens de câmeras de segurança identificou o carro que estava sendo conduzindo pelo suspeito no momento do assassinato. O veículo foi localizado no Canto da Fabril, ainda no fim da tarde de ontem (16) e foi apreendido pela polícia. O veículo usado pelo autor do crime, um Argo vermelho, está apreendido e deve passar por uma perícia para detectar vestígios de pólvora.

 

Do jornal O Imparcial

 

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael