Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

General da equipe de Bolsonaro quer rever bibliografia usada nas escolas

Aléssio Ribeiro diz que livros distribuídos ‘deixam qualquer mãe estupefata’, mas não cita quais; para ele, alguns temas são ‘responsabilidade dos pais’

Da veja.com- À frente do grupo que elabora propostas para o Ministério de Educação de um eventual governo de Jair Bolsonaro (PSL), o general Aléssio Ribeiro Souto diz que “é muito forte a ideia” de se fazer ampla revisão dos currículos e das bibliografias usadas nas escolas para evitar que crianças sejam expostas a ideologias e conteúdo “impróprio”. Ele defende que professores exponham a verdade sobre o “regime de 1964”, narrando, por exemplo, mortes “dos dois lados”.

“É muito forte a ideia de revisão dos processos curriculares, das bibliografias. Isso precisa ser muito cuidado para não termos absurdos que vimos na TV, como a distribuição de livros que deixam qualquer mãe estupefata”, disse. Para o general, “determinadas coisas são responsabilidade dos pais”, porque a escola “não tem de influenciar para uma direção ideológica”. “Estamos colocando revisão completa dessas questões curriculares.”

Em relação à temática da ditadura militar, o general defende um debate “à luz da liberdade”. “A questão de golpe é a menor. Há quem diga que o afastamento da Dilma, feito no âmbito do Congresso, foi golpe. Mas sonegar para crianças o que ocorreu? Não concordo”, disse. “Quando você trata dos problemas e das mortes — e guerra traz mortes —, tem de tratar dos dois lados. Existe a verdade. Ela nem sempre tem sido retratada”, acrescentou.

Para Aléssio Ribeiro, é preciso “orientar toda a cadeia de gestão” para solucionar este problema. “Nós buscamos a paz e a harmonia através da democracia e de praticar a verdade. E não usar mentira e canalhice. E aí é a mudança que o Bolsonaro ofereceu ao povo e que foi acolhida majoritariamente”, disse.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael