Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Desembargador determina prisão de promotor por desacato

promotor-preso

Promotor Carlos Serra Martins

Na manhã de ontem (06), em São Luis, o desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos deu ordem de prisão ao promotor Carlos Serra Martins por tê-lo desacatado.

O promotor foi à uma audiência de instrução de um processo que ele responde de agosto de 2014. Carlos Serra Martins foi encaminhado em 2014 ao Plantão Central do Cohatrac, ele estaria portando uma escopeta calibre 12, uma pistola calibre 380 e munições. Na ocasião o promotor teria discutindo com um homem, em relação à uma propriedade de terras em Iguaíba em Paço do Luminar e teria disparado contra o homem. Durante a abordagem da polícia Carlos Martins teria desrespeitado os policiais militares.

Hoje durante a audiência, ao saber que a seu pedido para reaver as armas usadas durante o ocorrido ainda não havia sido deferido pela procuradora Marilea Costa, ele teria acusado a procuradora por prevaricação e por ser desonesta.

O desembargador José Joaquim exigiu que o promotor se portasse da forma devida. Neste momento o desembargador também passou a ser insultado.

Segundo o desembargador, ele teria determinado a prisão por considerar que o promotor estava alterado e poderia estar armado.

Carlos Serra Martins foi encaminhado, junto com um mandato judicial, para a Procuradoria-Geral de Justiça.

(Do JP)

anuncio-joao-vitor

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael