Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Juiz que ajudou a pacificar Timon, foi escolhido para compor o TRE do Maranhão

Durante a Sessão Plenária Administrativa Extraordinária realizada na última quarta-feira (13), o Tribunal de Justiça do Maranhão elegeu o juiz Itaércio Paulino da Silva para membro efetivo do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA), na categoria juiz de direito. O magistrado assume a vaga após o encerramento do biênio do juiz Sebastião Bonfim, no dia 15 de setembro.

Itaércio Paulino da Silva foi juiz em Timon e marcou época na cidade. Junto com Gilberto Moura, os dois magistrados foram os principais responsáveis por na década de 1990, desmanchar a ideia de que no município reinava a impunidade e a criminalidade. Itaécio e Gilberto Moura fizeram história junto com o atual Procurador Geral do Estado, Luiz Gonzaga Martins Coelho, ao colocarem para julgamento em júri popular muitos dos acusados de praticarem assassinatos na cidade.

Foi num julgamento presidido por Itaécio Paulino da Silva que o acusado de pistolagem, Cícero Godói, o popular “Cíção”, foi julgado e condenado.

Na mesma época foi a julgamento o já falecido “Hiltamar Justiceiro”.

Itáecio Paulino da Silva atualmente é magistrado titular da Vara da Interdição e Sucessões do Termo Judiciário de São Luís. “Pretendo realizar um trabalho com agilidade e efetividade, com a mesma desenvoltura e compromisso que desenvolvo ao longo da minha carreira, como magistrado na Justiça estadual”, disse Itaércio Silva, após ter seu nome escolhido para membro permanente do TRE do Maranhão.

O magistrado, que recebeu 12 votos dos 24 desembargadores presentes à sessão, concorreu à vaga com os juízes Clésio Cunha e Celso Orlando Júnior.

(Com parte das informações da assessoria do TJ do Ma)

 

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael