Maranhão só perde para São Paulo em pedidos fraudulentos de seguro-desemprego

Do blog do John Cutrim – O Maranhão tem mais de 3,7 mil casos de pedidos fraudulentos de seguro-desemprego. No estado foram bloqueados mais de R$ 24 milhões em benefícios suspeitos.

O Maranhão só perde para São Paulo, que concentra a maior população do país e lidera o ranking com 5.200 casos de fraudes.

Os números são do Ministério do Trabalho e foram compilados a partir de um sistema de combate a fraudes implantado pela pasta em dezembro. A plataforma permite acompanhar todo o processo entre o pedido do benefício e o pagamento feito pela Caixa Econômica Federal.

Desde o início do uso do sistema, no fim do ano passado, mais de 24 mil requerimentos foram bloqueados, num montante calculado em R$ 124 milhões.

Para o ministro Ronaldo Nogueira existe uma atuação de quadrilhas especializadas em fraudar o benefício. “São recursos de considerável monta que, de certa forma, seriam direcionados para essas quadrilhas organizadas cuja expertise é fraudar o seguro-desemprego.”

Em todo o país, o menor índice de identificação de fraudes está em Rondônia, com oito casos.

Quem tiver o seguro-desemprego bloqueado será comunicado e deverá procurar o Ministério do Trabalho. Em muitos casos, o próprio trabalhador não sabe que seus dados foram utilizados por fraudadores.

As fraudes comprovadas são comunicadas à Polícia Federal. (EBC).

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
TekyNik