Pré-candidato a prefeito de Parnarama foi preso em Timon nesta quinta (6)

O pré-candidato a prefeito de Parnarama pelo Partido dos Trabalhadores, o professor Jacobe Almeida, foi preso na manhã desta quinta-feira, dia 6. A prisão dele aconteceu na Panificadora Ideal, no centro de Timon.
De acordo com informações repassadas pela polícia civil de Timon ao eliaslacerda.com, Jacobe Almeida e a paranaense Karina Sousa Correia , representantes do Instituto Qualifique e Consultoria – ICQ , teriam se associado a Márcio Fabrício da Silva,  e juntos promoveram cursos de nível superior no estado do Amazonas sem a devida autorização legal, o que teria lesado diversos estudantes naquele estado.
A operação que prendeu Jacobe Almeida foi deflagrada pela Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações e contou com a polícia civil de Timon.
No Paraná Karina Sousa Correia também foi presa e no Amazonas Márcio Fabrício da Silva não foi localizado e está sendo procurado.
Os três acusados, segundo a polícia, tem mandado de prisão deflagrado pela justiça.
A polícia investiga se os três teriam lesado estudantes em outros estado do Brasil com a mesma modalidade que praticou no Amazonas.
O eliaslacerda.com tentou falar com o professor Jacobe Almeida por telefone, mas não conseguiu.

1 comentário

SR. LIMA
Comentou em 08/08/20

PARTIDO PRA TER BANDIDO NO BRASIL TODO SO DÁ ESSE. AS PESSOAS DE BEM QUE LÁ EXISTEM DEVERIAM SAIR PRA NÃO SE ASSOCIAR A QUADRILHA!

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
TekyNik